VII O paraíso da eterna alegria

Por: fabiserra

mar 19 2011

Categoria: Sem categoria

Deixe um comentário

(Sugestão para torna-se saudável e feliz lendo livros.)

 

Alguma vez você pensou nos lugares onde aparecem livros e nos lugares para onde os podemos levar? Não? Pois faça isso! É simplesmente inacreditável em quantos lugares se pode usar um livro.

Ao contrário de outras coisas no lazer – como garrafas de aguardente, pianos de cauda, acordeões e hortas -, o livro pode facilmente ser carregado debaixo do braço ou enfiado no bolso, e na maioria das situações pode ser inserido sem problemas em nossa vida cotidiana.

Pense bem: aquela vez em que ficou no hospital com a perna quebrada – teria podido usar uma moto? Nunca! Mas sem os livros que Charlotte lhe trouxe, quase teria enlouquecido de tédio, não? Bem, e no mês passado quando choveu durante todas as suas férias, e você ja não sabia o que fazer naquela desolada aldeia das montanhas: não foram os livros o seu único consolo? E no trem, e durante a guerra, no front, e depois de fechar o escritório, e no dentista – os livros foram sempre a sua tábua de salvação.

Não importa se você é dono de armarinho ou arquiteto, oficial de justiça ou gerente de uma construtora, professor de natação ou florista: de qualquer maneira, o livro desempenha em sua vida um papel que não se pode ignorar.

Seria errado falar só dos tempos em que se pega um livro apenas por tédio. Conheço muitas pessoas para as quais o livro representa revigoramento depois de um dia de trabalho duro, algo que aguardam alegremente como outros esperam sua partida de xadrez ou seu copo de conhaque. E, por fim conheço pessoas que só vivem para seus livros. Estranhamente, são muito felizes, são pessoas equilibradas, que não perdem a cabeça logo que o piolho faz cócegas em seu fígado…

“Tomado” em doses regulares, o livro surte nessas pessoas efeito de um rémedio para os nervos, um complexo de vitaminas, ou óleo de fígado de bacalhau (só que não tem o mesmo gosto horrível). E por fim as deixa tão fortalecidas que elas podem dizer tranquilamente: “Muitas coisas ruins podem acontecer – nós aguentamos!”

Veja, posso aconselhar que se faça isso urgentemente: um radical tratamento de saúde com livros! Ganhe saúde lendo! Leia para entender como é ridículo e sem importância o que você hoje leva tão a sério; leia para descobrir que o que você considerou um cruel golpe do destino (preocupações profissionais, mágoas de amor) já foi vivido por outras pessoas que sobreviveram – e como sobreviveram! Leia para descobrir que o mundo é um grande e estranho mistério, cheio de grandes supresas, magníficas experiências e aventuras sem fim.

Pessoas que muito leram vivem melhor. Lentamente se apossam daquela superioridade espiritual que as ajuda a superar as dificuldades da vida e a ser mais sensíveis para suas grandes belezas. Leia – não há nada que uma hora com um excelente livro não o ajude a vencer.

E compre livros! Você está investindo seu dinheiro da melhor maneira. Não há coissa melhor a fazer. Pois você próprio é responsável pela formação de sua vida. Precisa usar seu cérebro se quiser prosseguir e torna-se mais feliz. O bom Deus nos deu duas extremidades: uma para andar, outra para pensar. Nosso sucesso na vida depende de qual das duas extremidades usamos mais. Acredite, não há nada mais interessante do que uma pessoa realmente sábia, que sabe usar bem sua extremidade superior.

Leia livros que muitas pessoas sábias escreveram para você e para todos nós, e você sairá de um vale de mesquinhez e lágrimas para entrar no paraíso da eterna alegria.

Aqui, você vai achar as respostas que você está procurando.

Mario Simmel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: